cmrmc

cmrmc

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Fim de semana instrumental


 
No olho da rua
Dia 4 - Sexta-feira -19h
Show com o Quarteto NO OLHO DA RUA
O No Olho da Rua é um quarteto de música brasileira instrumental que leva pro olho da rua, além de suas próprias composições, a música de Villa-Lobos, Ary Barroso, Pixinguinha, Tom Jobim... Músicas eternas, tocadas de forma moderna em uma celebração à música, ao ......povo e às ruas da Cidade Maravilhosa.

Desde março de 1997, o quarteto vem se apresentando pelas ruas da cidade. Inicialmente pela orla da Zona Sul do Rio de Janeiro: Leblon, Ipanema e Lagoa Rodrigo de Freitas e, posteriormente, pelas ruas e praças do Centro, bem como pelas Lonas Culturais de Bangu, Realengo, Vista Alegre e Campo Grande, em projetos da comunidade.

Contando em sua formação com: Paulo Rego (Sax e flauta); Roberto Alves (Piano); Gustavo Schnaider (bateria); e Xandy Rocha (baixo), o No Olho da Rua alia a técnica de instrumentistas de primeira linha a arranjos modernos e a uma linguagem ímpar ao executar os sambas e bossas de seu repertório.

Fim de semana instrumental


Roberto Rutigliano
Dia 5- Sábado - 19h

Show com quarteto formado por ANA DE OLIVEIRA, TONY BOTELHO, ROBERTO RUTIGLIANO E TOMÁS IMPROTA

É um quarteto de música instrumental com Ana de Oliveira (violino)
Tony Botelho (contrabaixo)
Roberto Rutigliano (bateria)
Tomás Impronta (piano)
No repertorio Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti, Bela Bartok e Piazzolla.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Show de Ilessi

 Ilessi
Dias 28 e 29 - Sexta e sábado - 19h

No Show "Brigador - Ilessi canta Pedro Amorim e Paulo César Pinheiro" - A cantora Ilessi interpreta cançoes do cd de mesmo título, além de outras canções inéditas da dupla. com ela, os músicos: Luis Barcelos - bandolim, cavaquinho e arranjos; Anderson Balbueno - percussão; Gabriel Geszti - piano e acordeon; Lucas Porto - violão de 6; Rafael Mallmith - violão de 7; Marcus Thadeu - percussão.

sábado, 15 de janeiro de 2011

Projeto Multifoco apresenta Carnaval em foco


 
Carnaval em foco
Dias 20, 21 e 22 - Quinta, sexta e sábado - 19

O projeto Multifoco apresenta CARNAVAL EM FOCO.
Gravação do DVD ao vivo dos três blocos carnavalescos nos respectivos dias.

Quinta-feira, dia 20/01: "Multibloco" (foto).
O Multibloco foi fundado em setembro de 2008 visando o desfile no carnaval de 2009. Todos os integrantes do bloco fazem parte das oficinas realizadas aos domingos no espaço Multifoco.

Sexta-feira, dia 21/01: "Cordão do Bola Preta"
Fundado na rua da Glória  em  dezembro de 1918, o Cordão do Bola Preta é o último remanescente dos antigos cordões carnavalescos que existiam na cidade. Sua maior figura e diversas vezes seu presidente foi Francisco Carlos Brício, autor da compra em 1950 da antiga sede na avenida Treze de Maio. Com um vasto repertório de marchinhas de carnaval executadas de forma tradicional, o trio reúne milhares de pessoas todos os anos na Avenida Rio Branco, sendo um verdadeiro patrimônio cultural da cidade do Rio de janeiro.

Sábado, dia 22/01: Recrutas de Momo
Formado por integrantes da nova geração da Lapa, o "Recrutas de Momo" é um grupo que se reúne exclusivamente para os bailes de carnaval da cidade.  Tem como integrantes o violonista e cantor Pedro Holanda, diversas vezes finalista do Concurso Nacional de Marchinha, Clarice Magalhães, cantora e percusionista de choro, Cris Cotrin, cavaquinista, cantora e fundadora do Cordão do Boi Tatá, Cassius Teperson, baterista e Marcelo Bernardes, celebre flautista e saxofonista que há anos integra a banda de Chico Buarque de Holanda. 






Batuque na Tijuca

Serginho Procópio 
Dia 22 - Sábado - 15h
Gratuito

Batuque da Tijuca, Roda de samba no jardim com Serginho Procópio
Roda de samba no jardim do espaço com a participação de sambistas acompanhados pelo grupo Samba com atitude.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Workshop "A sonoridade dos tambores da Amazônia"

 Workshop com o Trio Manarí
Dias 11, 12 e 13 - Terça, quarta e quinta-feira - 14h
Gratuito
O Trio Manarí fará três workshops gratuitos no Centro de Referência da Música Carioca nos dias 11, 12 e 13 de janeiro (terça, quarta e quinta-feira). É uma rara oportunidade de tomar contato com a pesquisa musical do trio formado por Kleber Benigno, Márcio Jardim e Nazaco Gomes, e de experimentar em cada batuque um pedaço da cultura amazônica.


Buscando somar e mesclar sonoridades do interior do Pará, os arranjos percussivos do Trio podem nascer de sons da água, da floresta, ou da boca de um nativo da região.  O primeiro álbum do Manarí, chamado "Braços da Amazônia", lançado em 2002 tem participações especiais de Fafá de Belém, Nilson Chaves, Andréa Pinheiro, Floriano e Iva Rothe, além de músicos como Adelbert Carneiro.
Além de atuar no meio artístico, o Trio Manarí ministra oficinas de percussão, e teoria musical ensinadas para jovens e adultos em vários projetos dentro de Belém. Os ritmos tradicionais da região como o Carimbó, o Lundu e o Samba de Cacete, viram objetos de estudo para os alunos, que são estimulados a criar uma sonoridade própria a partir deles.


Além de pesquisar os primórdios da música na região norte, o passado ancestral desses sons, o Trio Manarí não deixa de ter um olhar no futuro e nas novas formas eletrônicas de percussão.
 O espelho da tradição amazônica agora pode ressoar em outras culturas, em ouvidos e mãos de percussionistas em todo o planeta. O som da região mais verde do mundo.


Show com Marco André

Marco André
Dia 13 - Quinta-feira - 19h

Show “Planeta Amazonia” de MARCO ANDRÉ
Natural de Belém do Pará, o cantor, compositor, arranjador, instrumentista e produtor de discos, vem buscando ao longo da carreira um caminho coerente com sua formação, compromissado com a qualidade da música que produz. Marco André faz parte de uma família muito ligada à tradição das escolas de Samba. Seu pai Alfredo Oliveira é um dos maiores vencedores de Sambas de Enredo no Pará. Dessa forma levou o filho também a ser cativado pelo ritmo e suas agremiações. Já no Rio de Janeiro, o mesmo se torna membro da ala de compositores da Portela. No currículo de Marco André consta ainda sua participação no carnaval carioca de 2004, quando convidado por Dominguinhos do Estácio, cantou o Samba de Enredo da Unidos do Viradouro que homenageava o Círio de Nossa Senhora de Nazaré em plena Marques de Sapucaí.
Radicado no Rio de janeiro desde 1985, Marco André mistura ritmos amazônicos, samba soul e levadas eletrônicas.

Batuque da Tijuca

Dunga 
Dia 15 - Sábado - 15h
Gratuito

Batuque da Tijuca, Roda de samba no jardim com DUNGA
Roda de samba no jardim do espaço com a participação de sambistas acompanhados pelo grupo Batuque na Cozinha.


Show de Amanda Bravo


 Amanda Bravo
Dias 14 e 15 - Sexta e Sábado - 19h
 
AMANDA BRAVO apresenta “Bossa Nova”
Ainda é tempo de comemorar os 50 anos da Bossa Nova. É nesse clima qua a cantora Amanda Bravo e o Durval Ferreira Trio, formado por Paulo Midosi (teclado ), Haroldo Cazes ( baixo ) e Rubinho Moreira ( bateria ), apresentam a alegria descompromissada do movimento que conquistou o Brasil e o mundo, homenageando os grandes compositores e intérpretes que fizeram história dentro do cenário musical mundial.